jusbrasil.com.br
19 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    STF arquiva ação penal contra padre acusado de intolerância religiosa

    Padre da Igreja Católica foi acusado por espíritas em razão de trechos de livro

    Publicado por Última Instância
    há 2 anos

    A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (29/11) arquivar ação penal em que o monsenhor Jonas Abib, da Igreja Católica da Bahia, responde pela suposta prática de incitação à discriminação e preconceito religioso em um dos trechos de seu livro Sim, Sim, Não, Não - Reflexões de Cura e Libertação.

    Por maioria de votos, os ministros decidiram aceitar recurso protocolado pela defesa do monsenhor. A ação penal foi proposta pelo Ministério Público (MP) após o órgão s...

    Ver notícia na íntegra em Última Instância

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)