jusbrasil.com.br
19 de Dezembro de 2018

STJ mantém prisão de Eduardo Cunha

Deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões de propina em contas não declaradas na Suíça

Publicado por Última Instância
há 2 anos

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer negou nesta sexta-feira (25/11) pedido de liberdade ao ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Cunha está preso desde o mês passado em Curitiba (PR), por determinação do juiz federal Sérgio Moro, em função das investigações da Operação Lava Jato.

A prisão foi decretada na ação penal em que o deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor ser...

Ver notícia na íntegra em Última Instância

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)